Contacto
Av. Nicomedes Alves dos Santos, 400 - Morada da Colina, Uberlândia - MG
info@clinicabremen.com
Tel: +55 (34) 98400-3713

Efeitos psicológicos da calvície

O cabelo é considerado atualmente uma parte indispensável de nossa imagem e estética pessoal. Tanto assim, que os efeitos psicológicos da calvície determinados em grande parte pela presença ou ausência de cabelos, a efeitos da calvície podem condicionar a auto-imagem e, conseqüentemente, ser prejudiciais à auto-estima individual.

Os pacientes que visitam nossa clínica de implante capilar , preocupados com sua progressiva perda de cabelo e com os conseqüentes efeitos psicológicos da calvície, manifestam emoções como vergonha, raiva, estresse, nojo e preocupação, entre outras.

Ao mesmo tempo, as respostas mais comuns a essas emoções são o abandono de atividades que antes desfrutavam, pensamentos recorrentes e exaustivos sobre a alopecia, falta de iniciativa para estabelecer novas relações e perda da auto-estima, entre outras.

Como a calvície afeta nosso bem-estar psicológico?

A calvície, como outras doenças de pele, está associada a uma alta morbidade psicológica e, paralelamente, com um impacto na vida pessoal e social do paciente.

Isto acontece porque em muitos casos a pessoa pode estar envolvida em comparações, situações de zombaria ou discriminação de qualquer tipo motivadas pela falta de cabelo, o que afeta diretamente sua auto-estima e pode gerar ansiedade e depressão.

Há dois aspectos que podem melhorar ou mitigar os efeitos psicológicos da calvície: estes são sua permanência no tempo e o grau de intervenção na vida cotidiana.

Ambos os aspectos, como veremos abaixo, fazem da alopecia androgenética uma doença com alta possibilidade de ter um impacto psicológico sobre a pessoa:

A alopecia androgenética, é uma doença crônica, causada por fatores genéticos e hormonais, que não existe cura definitiva para a calvície. Isto significa que seus efeitos podem ser controlados e estabilizados, mas isso acompanhará o paciente ao longo de sua vida.

Por outro lado, se os efeitos da alopecia não se estabilizaram e a calvície é cada vez mais evidente, a pessoa pode ser vítima da exclusão social ou de situações que corroem sua segurança pessoal para enfrentar a vida cotidiana.
Certamente, hoje é sabido que a única função orgânica do cabelo é ajudar na termorregulação do organismo.

Entretanto, com o passar dos anos, a incidência da moda e o maior acesso e divulgação de informações, o cabelo adquiriu um papel importante na formação da identidade e da auto-imagem pessoal.

Do exposto acima, conclui-se que ambos os aspectos da vida individual são afetados pela queda de cabelo e provocam as manifestações de ansiedade, repugnância, raiva e até mesmo depressão que mencionamos acima. (possíveis efeitos psicológicos da calvície)

Todos respondem da mesma maneira à alopecia?

Obviamente, os efeitos psicológicos da alopecia não são os mesmos para todos os que sofrem com a condição. Para algumas pessoas, pode ser simplesmente um fato inevitável da vida, uma etapa da vida ou um evento esperado. Para muitos outros, porém, pode ser um evento traumático, difícil de lidar com o uso de suas próprias ferramentas e excluí-los das atividades ou ambientes cotidianos.

Deve-se notar que cada indivíduo tem uma gama de respostas comportamentais e mecanismos para interpretar a realidade que lhe acontece. Portanto, o equilíbrio entre esses recursos de personalidade e os fatores de risco que cada paciente tem (discriminação, provocação, exclusão, etc.) determinará a presença e a gravidade dos efeitos psicológicos da calvície.

Em outras palavras, a forma como cada pessoa interpreta sua realidade e os comportamentos que ela coloca em prática para responder às situações derivadas será o que define seu nível de afetação psicológica.

Os efeitos psicológicos da calvície e a importância de evitar estados emocionais negativos

No campo da medicina capilar, sabemos que os estados de ansiedade e estresse provocados por qualquer causa não são favoráveis à perda de cabelo, mas sim pioram-na e aceleram seu desenvolvimento.

Nesta linha, destacamos a importância da calma e paciência do paciente, durante o tratamento para estabilizar a alopecia e posteriormente durante toda a evolução pós-operatória.

Neste sentido, recomendamos nossos pacientes

  • Siga à risca as recomendações e cuidados pós-operatórios indicados, para acompanhar e promover uma evolução ótima do transplante capilar.
  • Para evitar uma atitude ansiosa e manter um olho na evolução, comparando-se com outros pacientes e esperando ver os resultados finais alguns meses após a operação.

Diagnóstico e tratamento capilar personalizado

É importante saber que a queda de cabelo pode ter causas diferentes em cada paciente, da mesma forma que a alopecia se manifesta de uma forma particular em cada pessoa.

Por este motivo, na Clínica Bremen damos grande importância à análise e diagnóstico personalizados do cabelo.

Antes de recomendar qualquer tratamento ou implante capilar, nossos pacientes recebem um estudo capilar aprofundado, com o objetivo de descobrir as condições de saúde do couro cabeludo que estão causando sua queda de cabelo 

Uma vez que conhecemos seu estado de saúde e as causas de sua alopecia, estamos em condições de recomendar os tratamentos capilares que oferecem os melhores resultados em cada caso. Por outro lado, seremos capazes de determinar se o paciente é um bom candidato para a cirurgia de implante capilar.

Felizmente, atualmente existem métodos científicos e intervenções cirúrgicas para combater a alopecia androgenética e recuperar o cabelo perdido devido à calvicie sofrida.

Em nossa clínica capilar, oferecemos soluções profissionais para os diferentes problemas da alopecia e, desta forma, desejamos fornecer mais uma ferramenta para prevenir ou lidar com os efeitos psicológicos da calvície.

 

 

 

Abrir chat