Contacto
Av. Nicomedes Alves dos Santos, 400 - Morada da Colina, Uberlândia - MG
info@clinicabremen.com
Tel: +55 (34) 98400-3713

O que é um tricologista?

Um tricologista é alguém que estuda e trata doenças do couro cabeludo e se concentra no processo de regeneração do cabelo.

Os tricólogos são os «médicos do cabelo», são profissionais treinados para fazer uma análise detalhada do couro cabeludo, assim como para fornecer tratamentos capilares e o uso de dispositivos médicos para exames detalhados, como o dermatoscópio.

Atualmente, um grande número de doenças relacionadas ao couro cabeludo e ao cabelo são conhecidas, e muitas delas só afetam esta região da cabeça, sem se manifestarem no resto do corpo. Por esta razão, o tricólogo é o profissional médico a ser consultado para avaliar, diagnosticar e prescrever o tratamento.

O que é tricologia?

A tricologia é a ciência paramédica que estuda o cabelo e o couro cabeludo. Trata doenças que afetam o cabelo humano, assim como problemas associados à perda de cabelo e couro cabeludo.

Graças à tricologia, podemos compreender melhor as causas da alopecia ou queda de cabelo e assim oferecer uma solução eficaz.
O que e um tricologista

Qual é a diferença entre dermatologia e tricologia?

A dermatologia é o ramo da medicina que estuda a pele, sua estrutura, funções e doenças. Como outras áreas da medicina, a dermatologia também se abriu para outros ramos, tais como a tricologia, a ciência do cabelo.

O dermatologista é o médico qualificado para tratar todos os problemas relacionados à pele. O couro cabeludo, por sua vez, é também a pele que cobre o crânio, protegendo-o de traumas e da radiação solar.

Portanto, qualquer dermatologista pode tratar problemas como queda excessiva de cabelo e calvície,  pois tem um conhecimento geral de suas causas e possíveis tratamentos capilares.

Entretanto, ao se especializar em tricologia, ele ou ela começa a adquirir conhecimentos muito mais profundos para lidar com todas as questões especificamente relacionadas com a saúde capilar.

Um dermatologista pode realizar uma biópsia para tentar diagnosticar o tipo de alopecia. Isto geralmente não resolve o problema da queda do cabelo. Um dermatologista pode examinar o paciente em busca de sintomas, mas nem sempre realiza um exame completo do couro cabeludo, enquanto um tricologista obtém um histórico completo do cabelo e verifica lesões no couro cabeludo, espinhas, sinais de inflamação, folículos danificados e também usa um microscópio para analisar melhor a saúde do couro cabeludo. Um tricologista, por outro lado, tem uma gama muito mais ampla de opções de tratamento para a queda de cabelo.

O que um tricologista faz para cuidar da saúde do cabelo?

Os tricólogos buscam respostas conhecendo a história pessoal do paciente, seu estilo de vida, fatores genéticos e condições ambientais. Detalhes como se eles estão tomando medicamentos, sofrem de desequilíbrio hormonal, estão sob muito estresse ou têm deficiências nutricionais são essenciais para um tricologista.

A partir destas informações, um especialista em cabelo poderá avaliar corretamente seu caso e sugerir planos de tratamento e mudanças de estilo de vida que melhorarão o crescimento do cabelo e beneficiarão o couro cabeludo.

Os tricólogos têm treinamento específico em saúde do cabelo e do couro cabeludo, o que significa que, ao contrário dos dermatologistas, eles têm um entendimento profundo de como funciona a queda de cabelo e como melhor tratá-la.

Os tricólogos abordam a queda de cabelo utilizando uma série de tratamentos, inclusive:

Razões para consultar um tricologista

A primeira indicação para buscar ajuda tricológica é se a pessoa notar qualquer tipo de mudança na saúde do couro cabeludo ou dos fios. O problema mais comum nesta área é a queda de cabelo e a calvície (tanto em homens quanto em mulheres).

Muitas vezes, uma simples queixa de queda de cabelo pode ser uma manifestação secundária de uma condição da tireóide, anemia, deficiência de vitaminas, doenças reumatológicas, entre outras. É por isso que a avaliação de um médico é tão importante nestes casos.

Muitas vezes, um tricólogo colabora com um médico que pode realizar exames de sangue para compreender melhor as causas da queda do cabelo.

A maioria dos tricólogos passa pelo menos uma hora com um paciente durante sua primeira visita, enquanto um dermatologista passa mais 5 minutos com um paciente durante uma avaliação capilar.

Se o paciente tem um histórico familiar de doença capilar, recomenda-se procedimentos preventivos para evitar o aparecimento ou o agravamento do problema da alopecia.

Finalmente, deve-se prestar atenção a vários pontos que podem desencadear doenças capilares, tais como: estresse, alterações hormonais, distúrbios alimentares e medicamentos, dietas restritivas, uso excessivo de produtos químicos, entre muitos outros.

 

 

Abrir chat